Resenha: Trocada

Resenha por Brunna Carolinne

Autora: Amanda Hocking
Número de páginas: 328

Onze anos atrás, Wendy Everly sofreu uma grave agressão. Sua própria mãe tentou matá-la, alegando que ela nunca foi sua filha e que era um monstro. Isso tudo aconteceu no aniversário de 6 anos da garota. Agora, com 17 anos, Wendy é, digamos, um problema. Ela sempre é expulsa dos colégios, sempre se mete em encrencas e, por isso, ela e sua família (sua tia, Maggie, e seu irmão, Matt) constantemente estão mudando de cidade.
Em sua nova escola, Wendy conhece Finn Holmes, um rapaz misterioso que parece estar sempre a observando e que, pelo menos aparentemente, não se envergonha em fazer isso. Wendy fica incomodada e abalada de Finn sempre estar a espreitando, ainda mais porque ela sente certa atração por ele. Quem não sentiria? O cara é muito bonito, atraente, veste-se bem e tem um ar de mistério que o deixa ainda mais charmoso.
Quando Finn revela para Wendy que ela é uma changeling, a jovem começa a perceber que a mulher que tentou matá-la estava certa o tempo todo. Será que Wendy está pronta para abandonar o mundo (e as pessoas) que sempre conheceu para se aventurar em um local totalmente diferente de sua realidade, onde as pessoas guardam os segredos a sete chaves e que tudo é tão bonito, sobrenatural, perigoso e assustador ao mesmo tempo?
Trocada foi uma feliz surpresa para mim. Depois de ver tantos comentários negativos a respeito, resolvi, sem motivo algum aparente, dar uma chance e ler sem qualquer expectativa. Talvez este tenha sido o maior motivo para eu ter gostado tanto do livro, já que a obra não possui nada de mais. Na verdade, ela até pode ser classificada como uma coletânea de tantas outras histórias: garota que parece não se encaixar em lugar algum, garoto bonitão/misterioso/protetor/inalcançável, um pouco de sobrenatural, mistérios e final com toque de ação. Só tem um diferencial: abordar um ser folclórico que que eu saiba nunca antes tinha sido explorado como foco central.
Os personagens também não têm nada que os torne memoráveis. Suas características são bem comuns, mas dois coadjuvantes merecem destaque por terem me feito querer entrar no livro e abraçá-los: Rhys e Tove. Os dois têm suas particularidades, só que prefiro não mencioná-las aqui para não dar algum spoiler. Willa é a única personagem que eu ainda não sei exatamente o que pensar sobre, alguma coisa me diz que ela é uma vigarista, mas nenhuma de suas ações confirma isso.
A história prende o leitor e funciona mais como um bom entretenimento. Não é a melhor do mundo, muito menos a mais bem bolada, cheia de tramas e etc. É até previsível em algumas passagens, excetuando-se o finalzinho (que, diga-se de passagem, não me agradou, pois fiquei sentindo que a autora não desenvolveu nada, parece que durante o desenrolar da narrativa ela fez foi dar voltas em círculos e acabou voltando para onde tudo começou e disso eu não gostei nada, nada).
O exemplar da editora Rocco está muito belo. A capa é linda, com textura meio aveludada, cores bem fortes e chamativas. A diagramação é simples, folhas amarelas, letras em tamanho ótimo, sem erros de português.
Como praticamente todo primeiro volume de uma série, este também dá algumas respostas logo agora, mas ainda há outras milhares a serem respondidas nas sequências. Ao todo, é um bom livro, com seus altos e baixos, narrativa envolvente, que promete uma boa história e que, inclusive, já teve seus direitos de adaptação para as telonas comprados.

15 comentários:

  1. Quero muito ler este livro, pena que ele parece bem... ok. rsrs
    Mas mesmo assim, como já li outro livro da autora e adorei, com certeza lerei esse também.
    beijos
    Apenas um Vício

    ResponderExcluir
  2. Caramba! Já teve seus direitos de adaptação para filme comprados?! A série já terminou fora do país?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Larissa (:
      Sim, os direitos de adaptação foram comprados pelo roteirista Terri Tatchel :D Lá fora, três livros da série já foram lançados - Switched, Torn e Ascend (parece que são só esses três mesmo).
      Beijinhos

      ~ Brunna Carolinne

      Excluir
    2. Obrigada por me responder, gosto de blogs acolhedores ;*

      Excluir
    3. Por nada, Larissa (: Eu que agradeço seus comentários e, sempre que tiver alguma dúvida, estou aqui para respondê-la (se eu souber, claro HAHA).
      Beijinhos e obrigada pelo carinho

      ~ Brunna Carolinne

      Excluir
  3. Essa capa é linda!!!
    Eu não sabia que vai virar filme!!! Agora preciso ler né!!
    Adorei a resenha!!

    Bjkas

    Lelê Tapias
    http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Bruna! Você viu que eu li faz um tempo O Rei de Ferro da Julie Kagawa, lá também abordam esse tema do Changeling só que de um ponto de vista bem negativo. Sempre tive vontade de ler esse livro, exatamente porque aborda esse ser sob outro ponto de vista. Deve ser estranho ter um changeling como protagonista e conhecer tudo que se passa em sua mente. Só de curiosidade eu ainda vou ler sim.

    Beijos, Bell

    http://contosdoguerreiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Não sabia que ia virar filme! :O
    Assim que lançou eu fiquei com vontade de ler esse livro, mas depois de tantas resenhas negativas eu desanimei um pouco. A sua ficou bem legal, é uma das mais positivas que já li... se por acaso eu tiver a oportunidade, até leio, mas não fiquei ansiosa pra conferir! ;s
    A capa é lindíssima, a da continuação também... nisso a editora caprichou demais!!!

    Beijos :*
    http://viciosemtres.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi querida!

    Comprei esse livro a vários meses, pouco depois do lançamento. Achei a premissa bem inovadora e não via a hora de ler. Mas aí vieram as críticas negativas e eu acabei desanimando. Até hoje não peguei pra ler. Por isso estou feliz de ter lido a resenha, agora a vontade de tirá-lo da estante voltou!

    Um beijo
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oie Brunna ;)
    Menina não tinha muita vontade de ler, porém fiquei curiosa para saber qual ser folclórico está no auge no enredo haha vamos ver se consigo comprá-lo até o final do ano.

    Beijos,
    Jhey
    www.passaporteliterario.com

    ResponderExcluir
  8. Eu amo a capa desse livro, mas vou te falar a verdade: eu detesto a Amanda Hocking. Juro que tentei ler outros livros dela, mas nossa, abandonei. Não acho que eu vá gostar tanto desse livro justamente por causa disso.

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  9. Quando o livro foi lançado eu tinha MUITA vontade de ler, muita mesmo, quase comprei em 2 oportunidades. Mas fui vendo algumas resenhas que me fizeram pensar duas vezes, sabe? Tenho uma lista infinita de desejados para comprar e prefiro dar prioridade aos que tenho certeza que irei gostar :x
    Trocada me desanimou um pouquinho, não tenho mais tanto interesse.

    Bjs,
    Kel
    www.itcultura.com.br

    ResponderExcluir
  10. Não acompanho essa série. Essa temática não me atrai...bjo!

    http://meuhobbyliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Brunna, assim como você eu sempre li comentários negativos sobre esse livro. Sua resenha foi bem mais animadora, mas por ser uma série e abordar seres sobrenaturais, vou deixar ela de lado por enquanto. Estou mais focada em livros únicos e bem reais.

    Beijos
    Caline
    http://mundo-de-papel1.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Eu gosto muito de seres sobrenaturais e todas essas coisas místicas. Adorei sua resenha.
    xx

    Sabs

    ResponderExcluir

« »
 
Layout por Adália Sá e modificações por Brunna Carolinne. © Proibido cópia total ou parcial. Plágio é crime!