Resenha: Corações Feridos

Resenha por Brunna Carolinne

Autora: Louisa Reid
Editora: Novo Conceito
Número de páginas: 256

O que acontece dentro de uma casa quando as portas estão trancadas? E se esta casa pertencer a um devoto a Deus? O que acontece entre quatro paredes fica entre quatro paredes. Mas e se for uma coisa horrível, que precisa ser denunciada, contada para alguém? Hephzibah e Rebecca são irmãs gêmeas e vivem em uma casa cheia de opressão e constante pavor. O pai delas é um religioso fanático e praticamente não as deixa ter contato com o mundo exterior. Elas são privadas de tudo: livros, revistas, jornais, internet, roupas novas, remédios, artigos de higiene pessoal e até mesmo banho, sob a alegação de que tudo isso tem vínculo com o pecado.
Mesmo não se entendendo exatamente como aconteceu, as duas irmãs conseguem a dádiva de poderem frequentar o segundo grau em uma escola normal, assim como os outros jovens. É aí que finalmente Hephzi vê uma ínfima oportunidade de fugir de tudo aquilo. Ela que é bonita, caprichosa e encantadora, sabe que um dia conseguirá ir embora e deixar essa vida tirana para trás. Já Reb é cuidadosa, retraída e deformada. Ela nasceu com a Síndrome de Treacher Collins, por isso tem uma severa deformidade facial e tudo se torna mais difícil de conseguir. Até que Hephzi morre. Ela morreu sem conseguir realizar seu maior sonho. A verdadeira razão da morte de sua querida irmã estará guardada para sempre na mente de Rebecca.
Embora seu rosto seja completamente tomado pela má formação, o intelecto de Rebecca é extremamente admirável. Mesmo sabendo bem pouco dos mínimos detalhes da vida, nota-se que ela é bastante inteligente. Ela é esforçada e tem sede de conhecimento, ainda assim não é nada fácil conseguir viver com tanto abuso e perseguição. Na vida de Reb tudo é tão difícil... Será que, mesmo com tantas dificuldades, ela será capaz de escapar de seu pai abusivo e autoritário? Se Hephzi, que era mais talentosa, não conseguiu, o que garante que Reb irá conseguir?
Corações Feridos tem uma narrativa tensa e contagiante. É narrado por dois pontos de vista, um de cada irmã, sendo que a Hephzi conta todos os acontecimentos anteriores a sua morte e Reb descreve tudo o que está acontecendo após o falecimento da irmã. O leitor, logo nas primeiras páginas, é transportado para o mundo de desespero que as duas irmãs conhecem. A história é trágica demais, agressiva demais e catastrófica demais. Só que tudo foi tão bem pensado e muito bem executado que um livro denso é transformado em magnífico sem perder sua essência. Tem a quantidade certa de mistério e suspense, fazendo com que a obra seja lida em um piscar de olhos.
Essa edição da editora Novo Conceito está exemplar. Sem erros de português/digitação, letras em tamanho ideal, páginas amarelas e diagramação com alguns detalhes bacanas. A capa transmite um ar sombrio, assim como o interior do livro.
Por favor, não perca a oportunidade de ler essa obra tão boa. Adquira seu exemplar de Corações Feridos sem medo. Você perceberá como uma história com tanto isolamento, medo, opressão, privação, mistério, mentira e suspense pode te comover, emocionar e chocar da forma mais profunda e singela possível.
"Mais que tudo, Hephzi queria vingança. Ainda não me atrevi a revelar seu segredo, mas, talvez um dia, se minha alma encontrar um lugar para respirar, eu o faça."
pág. 72

9 comentários:

  1. Brunna, o livro não me conquistou pela capa e pela sinopse, mas depois que li algumas resenhas percebi que a história é bem interessante. No que se refere a edição, a NC é show mesmo!

    Abraços, Isabela.
    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
  2. Mais um da Novo Conceito para minhas futuras compras, eu sou msmo fã dessa editora e quase nunca me decepciono com os livros publicados...
    Eu ja tinha vntade de ler pela premissa do livro e agora a vntade aumentou cm a resenha.. Gosto de livros cm um pouquinho de drama tbm =)

    bjs

    ResponderExcluir
  3. Quando vi os lançamentos da Novo Conceito, vou ser bem sincera, esse livro não me chamou a atenção pela capa, mas já li algumas resenhas e acabei tendo vontade de ler, pois parece ser um história intensa e triste, daquelas que podemos tirar algumas lições.
    Adorei conhecer seu blog, parabéns por ele e muito sucesso pra ti.
    Beijos

    Patty Santos - Blog Coração de Tinta
    http://www.coracaodetinta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Quero muito ler esse livro!
    Já está na minha listinha de livros!
    xoxo
    http://amorazap.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Estou curiosa por esse livro. *-*
    Li a sinopse e me interessei muito.
    Depois da tua resenha me empolguei bastante para comprá-lo. Vou seguir a dica e não vou deixar de ler. rs
    beijos
    http://apenas-um-vicio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Estou com muuita vontade de ler esse livro
    *-*
    Gostei muito da sua resenha.
    Bjo

    ResponderExcluir
  7. Oi Brunna esse livro é a minha leitura do momento. A história é bem trágica e densa. O triste é imaginar quantas crianças/adolescentes vivem na mesma situação que essas garotas e não conseguem denunciar os monstros que as maltratam.

    Beijos
    Caline - Mundo de Papel

    ResponderExcluir
  8. Recebi esse livro de cortesia da editora pra resenhar, no começo fiquei com um pé atrás por me parecer ser uma história muito melancólica, mas sua resenha me deixou um pouco mais animada =D

    Vanessa B. Freitas,
    Buttercup de Galocha

    ResponderExcluir
  9. Não sei se cheguei a comentar com você ontem, mas no início não conseguia imaginar esse livro com essa agressividade que foi comentada. Talvez imaginei apenas algo psicológico, o que pode ter contribuído pra que deixasse para depois. Como já te disse também, o livro não está mais no fim, e relembrando o que posso encontrar posso dizer que a leitura tem tudo para ser o mais agradável possível.

    Beijos,
    Ricardo - www.overshockblog.com.br

    ResponderExcluir

« »
 
Layout por Adália Sá e modificações por Brunna Carolinne. © Proibido cópia total ou parcial. Plágio é crime!