Resenha: Rin Tin Tin - a Vida e a Lenda

Resenha por Brunna Carolinne

Autora: Susan Orlean
Editora: Valentina
Número de páginas: 296

Quem não conheceu Rin Tin Tin, o pastor-alemão mais famoso de todos os tempos, com certeza já pelo menos ouviu falar, nem que seja por alto, desse cão que arrastou milhares de fãs em diferentes gerações. Rin Tin Tin foi estrela tanto do cinema mudo quanto da TV, sem contar os milhares de artefatos que foram vendidos com sua face estampada ou, simplesmente, seu nome vinculado à marca do produto. Rinty foi, sem dúvida alguma, um grande astro.
É até difícil de imaginar que um cachorro tão talentoso quanto ele fora encontrado na Europa por um jovem soldado, Lee Duncan, em meio a Primeira Guerra Mundial, abandonado ainda filhote naquele caos. Duncan, que também foi órfão por um período de sua vida, logo se sentiu afeiçoado por Rinty e enfrentou das mais variadas situações para levá-lo consigo aos EUA - seu lar.
Por obra do destino, Rin Tin Tin começa a fazer filmes e logo se torna celebridade. Óbvio que um pastor-alemão não dura para sempre (não em carne e osso) e, quando Rinty parte desse mundo, é seu filho, Rin Tin Tin Junior, que fica com seu legado. OK, Junior não era tão talentoso assim quanto seu pai, mas ainda assim participou da mídia. Seu filho, Rin Tin Tin III, foi um astro. Esse sim tinha talento. Será mesmo que era descendente de Junior? Essa é a questão que mais me fascinou nesse livro: o fato de não ter sido apenas um cão a aparecer em tantos filmes e seriados. Está certo que eu quase nada sabia sobre a vida de Rin Tin Tin, mas não fazia ideia que não havia sido apenas um Rinty a ser o cão famoso.
Duncan passou por muitos momentos difíceis em sua existência. O fato que torna isso mais triste é que parecia que sua família não era importante pare ele, pelo menos não tanto quanto seus animais, com quem passava a maior parte do tempo, cuidando, ensinando e, claro, participando das gravações.
Sou uma amante de cães. Tenho uma poodle que considero minha filha. Para mim, saber sobre Rin Tin Tin através dessa obra brilhante de Susan Orlean, foi extremamente gratificante e comovente. Nunca li nada parecido, porque ela não só informa, também emociona. E muito! Chorei.
Com uma narrativa tão peculiar (a autora “surfa na onda do tempo”, mesclando diversos momentos da história de Rinty, do cinema, de outros astros e até mesmo de sua própria vida), fiquei fascinada e apaixonada. É humanamente impossível ao menos tentar descrever o que senti lendo essa história. Tantos fatos incríveis e nunca imaginados por mim, simplesmente me conquistaram.
Incluindo a linda diagramação da editora Valentina (o livro tem várias patinhas de cachorro e algumas fotos) e o bom trabalho feito por ela, não tem como não indicar Rin Tin Tin - a Vida e a Lenda. Quem tinha alguma dúvida, dê uma chance. Creio que nunca leu nada que ao menos se pareça com a magnitude desse livro que tem um “valor inestimável”.
"(...) que confortante seria pensar que algo que você amou nunca sairá do lugar, para sempre ancorado no cais, e não a boiar, fora de alcance, nas águas corredias da recordação!"
pág. 111

3 comentários:

  1. Ai que fofo. Também não sabia que foram três gerações do cachorro chamados de Rin Tin Tin.
    A editora Valentina sempre inova na diagramação, né? Essa ideia de colocar as patinhas deve ter ficado ótima.
    bjs.
    http://booksandmuchmore.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Brunna,
    Apesar de não ser o tipo de livro que costumo ler, gostei bastante da resenha.
    Seus comentários sobre ele incentivaram a leitura, se eu tiver a oportunidade, paro pra ler com certeza!
    Fiquei curiosa pra ver as fotos do livro, sobre a diagramação, as patinhas ... deve ser lindo! rsrs

    Beijos!
    http://viciosemtres.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Sou do grupo das pessoas que ouviram falar desse cachorro apenas por cima e nem sabia, talvez nunca iria saber, que houveram gerações de astros com esse nome. Que legal e divertido essa curiosidade. - - Felipe (A Hora do Livro)

    ResponderExcluir

« »
 
Layout por Adália Sá e modificações por Brunna Carolinne. © Proibido cópia total ou parcial. Plágio é crime!