Resenha: Impiedosas

Resenha por Brunna Carolinne

Autora: Sara Shepard
Editora: Rocco
Número de páginas: 294

ATENÇÃO: Esta resenha pode conter spoilers dos livros anteriores da série Pretty Little Liars. Confira a resenha de Maldosas aqui, a de Impecáveis aqui, a de Perfeitas aqui, a de Inacreditáveis aqui, a de Perversas aqui e a de Destruidoras aqui.

Nossa, como eu estava com saudades dessa série... O último livro dela que li foi em janeiro desse ano! Nem lembrava mais o quanto é bom entrar nessa história, pois é exatamente isso que acontece durante a leitura, parece que você vive naquele mundo.
Impiedosas começa quase exatamente onde Destruidoras terminou. Será mesmo que as liars viram a Alison? Mas ela está morta, não é mesmo? Talvez elas tenham tido alucinações por causa da fumaça daquele incêndio todo.
Emily não acredita muito nessa teoria de alucinação. Ela viu a Ali! Tem certeza de que ela está vagando por aí... É por isso que ela começa a seguir as pistas de A, pois quer, a qualquer custo, descobrir onde sua amiga Alison está.
Já Spencer aceita essa teoria, afinal o corpo de sua amiga já foi encontrado e enterrado, sendo assim, é claro que o quê elas viram foi apenas fruto da imaginação delas. E Spencer está tão bem com sua família... Eles a perdoaram e ela os perdoou. Só que a garota acabará descobrindo que não é só ela que tem segredos, todos têm, inclusive sua família.
Aria deseja desesperadamente saber o quê está acontecendo, toda a verdade, e para obter as respostas que necessita busca até o lado espiritual e místico. Enquanto isso, Hanna é levada para uma clínica de reabilitação e lá fica longe das mensagens de A, já que não pode usar o telefone. Apesar de tudo, até que ela está gostando do lugar e até faz amizade com Iris, uma das pacientes.
As quatro garotas estão sendo "perseguidas" por repórteres a todo momento e ninguém mais acredita nelas, já que, até agora, tudo o que elas disseram é um absurdo e nada foi provado.
Esse livro é mais fininho do que os anteriores, mas isso não interfere nos mistérios, que continuam sendo muitos. É engraçado como cada uma das liars chega a uma conclusão diferente de quem matou a Alison. E eu não sei em quem acreditar. A todo momento minha opinião mudava.
Ultimamente não estou mais tão curiosa pra saber quem é essa nova A (não aceito esse final que Impiedosas teve, para mim é tudo armação), preciso desesperadamente é saber quem matou a Ali e porquê.
Não consegui largar o livro, estava tão envolvida, queria tanto saber o que ia acontecer que não parava de pensar sobre a história quando não estava lendo-a. Preciso mesmo dizer que estou ansiosa pra ler o próximo volume, Perigosas?

0 comentários:

Postar um comentário

« »
 
Layout por Adália Sá e modificações por Brunna Carolinne. © Proibido cópia total ou parcial. Plágio é crime!