Resenha: Aura Negra

Resenha por Brunna Carolinne

Autora: Richelle Mead
Editora: Nova Fronteira
Número de páginas: 304

ATENÇÃO: Esta resenha pode conter spoilers do livro anterior da série Academia de Vampiros. Confira a resenha de O Beijo das Sombras aqui.

Melhor que O Beijo das Sombras! Sem comparação. Talvez porque dessa vez não fui bombardeada com milhares de perguntas sem respostas como no anterior, pode ser também porque nesse tem um pouco mais de ação ou pelo fato de ter me feito chorar. Muito.
Os ares na Escola São Vladimir estão bem pesados, pois uma família Moroi (vampiros do bem) muito importante foi assassinada por Strigois (vampiros do mal) que, de acordo com as evidências, estão tramando junto com humanos. Isso deixou todo mundo preocupadíssimo. Um massacre desse e mais a possibilidade de Strigoi lutar lado a lado com humanos é assustador.
É devido a isso que toda a escola vai passar as festas de fim de ano em um hotel bastante protegido. Lá, tanto os alunos, quanto suas famílias, os Morois e os guardiões estariam protegidos contra qualquer Strigoi.
É lá que Rose conhece Adrian, um Moroi muito espertinho, sarcástico e muito bonito ,ou seja, ideal para mim. Ela não vai muito com a cara dele, mas ele vive se jogando para o lado dela. Além de ter que lidar com Adrian, Rose ainda ainda vai ter que "aturar" sua mãe, com quem tem uma relação um tanto conturbada. É nítido que as duas não se dão bem e Rose não faz nada (e nem quer) para ter uma relação mais amigável com sua mãe.
Com Lissa está tudo bem na medida do possível. Ela agora toma remédios para conter sua magia, mas ultimamente ela tem a sentido como se quisesse se "soltar", como se todo o seu poder estivesse crescendo mais e mais. Fora isso, sua vida está boa e sua relação com Christian melhor ainda.
Quando li Aura Negra não sabia exatamente qual seria o grande problema dele, ou seja, o que exatamente a Rose teria que enfrentar e, quando comecei a ler essa parte, foi uma grande surpresa para mim. Gosto disso, de não saber muito bem qual será o grande conflito da história.
Nesse, surgem personagens novos e outros ganham maior destaque. Aplausos para Adrian e seu ótimo perfil. Ele é um personagem que me ganhou totalmente, tudo por causa do sei jeito. Lembra que eu falei que tenho uma queda por bad boys? Pois é! Porém, a Rose ainda continua gamadona no todo bonitão: Dimitri.
É uma leitura rápida, leve e que faz a gente querer ler mais e mais. O final? Esplêndido! Eu chorei, gente! Que final foi aquele? Depois disso quero só ver o que a Richelle vai aprontar em Tocada Pelas Sombras, pois a cada livro que leio, mais vou me apaixonando por esse mundo que ela criou.
P.S.: Christian, não esqueci você, baby, mas confesso que estou dividida!

6 comentários:

  1. ADORO essa série <3 Gostei bastante da sua resenha vou objetiva e descritiva sem revelar spoilers :D
    Beijo
    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela resenha! Muito em breve pretendo ler Academia de Vampiros. Abraço!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  3. Barbara Sá15/11/2012 19:40

    Que capa lindaaa '-'
    Nunc ali nada dessa série, mas já me foi muito bem recomendada. 
    Vou investir nos livros :)

    Beijos,
    http://secretsentreamigas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Bianca Santana16/11/2012 13:33

    Essa série é muito boa! Nossa, e a cada livro vai melhorando. Prepare seu coração pra Tocada pelas sombras!

    Beijos, Bi
    http://behindenemyline8.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. LuaraCardoso18/11/2012 18:18

    Eu ainda nem consegui começar a ler essa série, uma pena. :/

    Um beijo, Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  6. Nataly Nunes21/11/2012 23:44

    Não li sua resenha pois ainda não li o primeiro. Tenho os dois primeiros livros aqui em casa. Não resisti e comprei numa promoção no submarino. Falam tão bem deles!

    Beijos, meninas!
    http://critiquinha.com/

    ResponderExcluir

« »
 
Layout por Adália Sá e modificações por Brunna Carolinne. © Proibido cópia total ou parcial. Plágio é crime!