Resenha: O Trono de Fogo


Resenha por Brunna Carolinne

Autor: Rick Riordan
Editora: Intrínseca
Número de páginas: 398

ATENÇÃO: Esta resenha pode conter spoilers do livro anterior da série As Crônicas dos Kane. Confira a resenha de A Pirâmide Vermelha aqui.

Mesmo depois de Carter e Sadie Kane salvarem o mundo de Set, a vida dos irmãos não se tornou mais fácil. Agora eles têm que lidar com Apófis, a serpente do caos, que está fugindo de sua prisão e que pretende engolir o Sol quando estiver livre e assim mergulhar a Terra na escuridão. Somente Rá, o deus Sol, pode detê-lo, mas ele está dormindo há bastante tempo. Para despertá-lo, os irmãos Kane precisam reunir as três partes do Livro de Rá.
Carter e Sadie enfrentam diversos monstros, perigos, enigmas e seus próprios medos. Dessa vez eles recebem ajuda de Bes (um deus anão hilário que possui uma história bem envolvente) e dos jovens magos que estão sendo treinados por eles na Casa do Brooklin. Um desses jovens é Walt, um garoto mago que tem um passado... interessante, digamos assim.
Apesar de estarem treinando outros magos, os dois irmãos ainda estão aprendendo a usar seus próprios poderes, mas agora com Apófis querendo retornar eles terão que aprender na prática.
Carter quer encontrar Zia e libertá-la de sua "prisão", mesmo sabendo que ela pode não se lembrar dele, só que ele não tem nenhuma pista de onde ela está.
Sadie agora está dividida: Anúbis (o deus lindão) ou Walt (o mago afetuoso)? Mesmo que às vezes pareça que Walt e Jaz (outra jovem maga aprendiz) tenham alguma coisa, ela tem um sentimento por ele.
Aqui novos personagens aparecem e cada um tem sua importância na estória. Todos foram tão bem construídos que enriqueceram muito a obra. Outros deuses são apresentados de forma que enquanto nos divertimos lendo as aventuras dos irmãos estamos aprendendo sobre a mitologia egípcia.
Tio Rick e mais uma bela obra. Nessa a narração segue no mesmo estilo de A Pirâmide Vermelha: Carter e Sadie alternam a narrativa, o que deixa o livro ainda mais dinâmico.
Os personagens: apaixonantes. As batalhas: ofegantes. Os mistérios e enigmas: chocantes. A missão: perigosa, arriscada, com pouca chance de sucesso e apavorante. O final: surpreendente.
Não há palavra adequada para descrever o livro. Ótimo? Empolgante? Assustador? Envolvente? Todas parecem não traduzir a real emoção que é ler O Trono de Fogo. A Sombra da Serpente*, cadê você?

*Tradução livre do título do terceiro livro da saga: The Serpent's Shadow

3 comentários:

  1. Apesar de não ser tão fã de mitologia egípcia qto sou da grega, assim q sai algo dessa série corro p/ ler.

    Andy_Mon Petit Poison

    ResponderExcluir
  2. Muuito boa a resenha. Parabéns.
    Vc consegue estruturar bem seus pensamentos e explicá-los de uma forma que o leitor consiga entender o que vc quer passar.
    Só tome um pouco de cuidado nas pontuações e crie parágrafos.
    Tirando isso sua resenha está impecável.

    Beijos, adorei seu blog.

    ResponderExcluir
  3. Adorei a resenha!
    Sou louca pelos livros do Rick Riordan. O terceiro livro tem que sair logo!

    XOXO

    ResponderExcluir

« »
 
Layout por Adália Sá e modificações por Brunna Carolinne. © Proibido cópia total ou parcial. Plágio é crime!